Busca no site

 

Habañero Chile

Habeñero
bar das américas

Rua Alfredo Pujol, 1765
Santana
São Paulo | SP

"Hora Alegre"
de segunda a sexta, das 17h às 20h

 

Sabores da América

Os Sabores da América

Rosa Belluzo
SENAC SP

O Livro de Comida Mexicana

O Livro de Comida Mexicana

Christine Barrett
Editora Manole

Dicionário Gastronômico - Pimentas

Dicionário Gastronômico de Pimentas e suas Receitas

Nelusko Linguanotto Neto
Boccato Editores

Uma pimenta pra lá de picante empresta seu nome a um novo bar na região de Santana, em São Paulo. Habañero é um bar|restaurante muito charmoso, que vai arrastar legiões para a zona norte da cidade. Recém-inaugurado no coração do bairro, o restaurante tem pretensões bem definidas – Baixa Gastronomia das Américas – e parece que está cumprindo o que promete. O local, bem decorado e super aconchegante, têm poucas mesas em seu salão pequeno e uma deliciosa área livre, à sombra de uma velha jabuticabeira, onde podemos experimentar sem pressas as boas comidas de boteco de países como Brasil, Cuba, México e Caribe. Na decoração encontramos um pouco da cultura e da religiosidade das Américas. Música, livros, fotos, pinturas... tudo nos remete a Américas quase únicas e extremamente diferentes entre si.

No cardápio encontramos do escondidinho ao taco passando por ‘PFs’ famosos que em breve estarão acessíveis no horário do almoço também, da velha caipirinha ao Jose Cuervo em diferentes versões e combinações. Tudo bem feito e muito bem apresentado. É gostoso ver um bar que se instala fora do grande circuito gastronômico ter tantas preocupações com detalhes que, na minha modesta opinião, fazem toda a diferença.

Frida Kahlo é a grande personagem do Habañero. Merecida homenagem, justamente no ano em que se comemora o centenário do nascimento dessa artista tão significativa da cultura mexicana. Frida está presente em livros, no cardápio e nas paredes. Vale a pena experimentar a bebidinha charmosa que leva seu nome: tequila, gengibre, canela e muito gelo... deliciosa!

Habañero é uma boa opção para ser fazer a ‘hora alegre’ na zona norte ou para se aventurar e conhecer uma boa opção fora dos circuitos badalados da cidade.

 

Comente esta matéria

 

Para entender melhor...

HABAÑERO
Pimenta super picante, originária da ilha de Java, considerada a mais picante do Mundo, encontrada em países como México, Costa Rica, Colômbia, Bolívia, Peru, Brasil, Caribe e Estados Unidos. (pegar uma imagem da pimenta)

 

BAIXA GASTRONOMIA
Designada à culinária mais popular, presente normalmente em botecos e restaurantes simples. Uma comida mais rude, de excelente qualidade, que utiliza em sua base temperos e ingredientes regionais, dando um toque bem cultural à essa culinária. Virou moda nos grandes centros urbanos. A baixa gastronomia se tornou cult e nos dias de hoje ganha ares mais sofisticados com novos chefs e uma legião cada vez maior de adeptos.

Frida Kahlo... e mais pimenta!

Frida Kahlo

A artista mexicana Frida Kahlo (1907-1954) é uma das pintoras mais importantes do século XX, e um dos poucos nomes latino-americanos que conseguiram obter uma reputação global. Em 1983 seu trabalho foi declarado propriedade do Estado mexicano.

Kalho era uma das filhas de um fotógrafo alemão imigrante e de uma mulher mexicana de origem indígena. Quanto tinha dezoito anos sofreu um acidente de ônibus que a deixou internada por um ano no hospital. As lesões em sua coluna vertebral e pélvis, impossibilitaram a artista de ter filhos e tornaram-se temas constantes de sua obra. Foi nesse período em que começou a pintar, casou-se com famoso pintor de murais Diego Rivera, que exerceu grande influência na obra de Khalo. Sua obra, constituída principalmente de pequenos auto-retratos, expressa a sua dor física, sua preocupação com suas raízes e seu país, seu amor passional por Diego Rivera e seu pronunciado instinto de sobrevivência.

 

FRIDA COM PIMENTA
Uma excelente dica do site Obvio Ululante, é a deliciosa receita de batida de chocolate com pimenta, batizada de "Frida com Pimenta" pelos seus criadores.

Ingredientes

  • Pimenta Caiena em pó
  • Chocolate em pó 50% de cacau
  • Leite condensado
  • Creme de leite fresco (pode ser em lata)
  • Cachaça ou vodca, água e gelo

Preparo

O leite condensado deve ser a metade do creme de leite, talvez um pouco menos ou um pouco mais dependendo do gosto. O chocolate deve dar uma cor de bombom. A pimenta deve ser colocada aos poucos e provada a cada tentativa. Use uma boa pinga ou uma boa vodca. A mistura deve ficar cremosa, para isso acrescente a água aos pouquinhos, e um pouco de gelo apenas para dar uma leve refrescada.

Escondidinho

Dicas

Para ficar com um sabor mais encorpado, pode ser usado o queijo coalho ralado no lugar do requeijão e, por cima de tudo, bastante queijo parmesão ralado.

 

E já que você não tem medo de colesterol, experimente fritar a carne seca, já desfiada, na manteiga.

 

Experimente também fazer o puré com leite de coco no lugar do leite.

Para dar mais água na boca...

ESCONDIDINHO

Ingredientes

• 500 gr de carne seca
• 1 kg de mandioca
• 1/2 cebola ralada
• Cheiro-verde
• 1 copo de requeijão
• Azeite de Oliva
• Leite
• Manteiga
• Sal

Modo de Preparo

De véspera coloque a carne seca de molho e vá trocando a água para tirar o sal. Cozinhe a carne seca e depois de cozida, retire a gordura e desfie em pedaços médios, reserve. Cozinhe o aipim até que fique bem macio. Faça um purê com pouco leite (para ressaltar o gosto do aipim), manteiga e sal. Em uma panela, refogue a cebola no azeite. Adicione a carne seca e a salsa e cebolinha, deixe apurar um pouco. Em um pirex coloque o purê de aipim, por cima a carne seca e cubra com um copo de requeijão. Leve ao forno quente rapidamente para derreter o requeijão.