Busca no site

 

DESIGN - História, Teoria e Prática do Design de Produtos

DESIGN - História, Teoria e Prática do Design de Produtos

Bernhard E. Bürdek

Editora Edgard Blücher
498 páginas

Obra básica do design de produtos, é indispensável para estudantes, designers profissionais e interessados em geral, nesta versão totalmente revista e atualizada. Ela define a história e a orientação atual do design e transmite as bases principais da teoria e da metodologia do design. Descreve o significado crescente do design nos principais países da Europa, das Américas e da Ásia, por meio de diversos exemplos da prática e do desenvolvimento do design corporativo e estratégico atual, passando pelo design de interface/interação até o design humano.

Bernhard E. Bürdek

Bernhard E. Bürdek

O autor é Professor no Departamento de Design de Produtos na Escola de Design de Offenbach am Main, Alemanha, colaborador permanente da Revista Form e autor de inúmeros artigos e publicações. Já proferiu palestras no Brasil, México, Romênia e vários outros países da Europa e Ásia, além dos Estados Unidos. De 1995 a 2005 ele foi membro do International Advisory Board da Faculdade de Desenho Industrial da Delft University of Technology, Holanda.

Tupigrafia 7

Tupigrafia 7

Oficina Tipográfica São Paulo
128 páginas

Lançamento: Tupigrafia 7

Vem aí a sétima edição da revista Tupigrafia, que trará como matéria principal os aspectos tipográficos do design de cartazes, com cinco abordagens distintas: pôsteres promocionais das type foundries, tipográficos brasileiros, cartazes da própria revista Tupigrafia e uma amostra dos trabalhos dos designers brasileiros Felipe Taborda, Kiko Farkas e Rico Lins.

A revista apresentará também três matérias que contam um pouco da história da tipografia, por meio da coleção de tipos de madeira do Departamento de Tipografia da Universidade de Reading, na Inglaterra, as Fat Faces, tipos de madeira e metal, produzidos no século XIX, em artigo assinado pelo fundador do Departamento de Tipografia de Reading, Michael Twymann, e um trecho do livro Escritas Espelho dos Homens e das Sociedades, de Ladislas Mandel, publicado pela Edições Rosari.

O design de fontes digitais estará presente nesta edição em depoimento do brasileiro Yomar Augusto, que conta a sua experiência como aluno do conceituado curso de Mestrado em Type & Media, da Academia Real de Arte de Haia, na Holanda. Além disso, também é mostrada a obra tipográfica do type designer mexicano Gabriel Martinez Meave e sua type foundry Kimera.

Este número da Tupigrafia conta com duas capas, uma com projeto da artista canadense Marian Bantjes e outra produzida pelos pichadores do Capão Redondo, em São Paulo.

Lançamento e palestra

Marcando o lançamento da nova edição, será realizada uma palestra com Cláudio Rocha, designer especializado em tipografia, sócio-diretor da Now Design e co-editor da Tupigrafia. A palestra será realizada no dia 25/5, na Unidade Ipanema da UniverCidade (Rio de Janeiro).

LINGUAGENS DO DESIGN

Linguagens do Design: Compreendendo o Design Gráfico

Steven Heller

Edições Rosari
452 páginas

Linguagens do Design

Linguagens do Design: Compreendendo o Design Gráfico serve como alternativa às compilações abrangentes que reduzem o design gráfico a pouco mais que um barulho visual. Este livro examina grande variedade de objetos individuais, enfocando seu significado em contextos históricos mais amplos, tanto do design gráfico quanto da cultura popular.

Em vez de estudos de casos convencionais, que traçam o processo de criação e produção, os artigos deste livro registram raciocínios, inspirações e histórias de uma coleção eclética de objetos clássicos e contemporâneos em todo tipo de mídia. Cada artigo representa uma ocorrência única que é influenciada e se relaciona com outras manifestações da cultura do design.

Combinam análise e crítica e, embora sejam auxiliados pelas descrições dos criadores, não se baseiam unicamente nas revelações destes. Ademais, este livro inclui comentários que algumas vezes ecoam os cânones estabelecidos e outras desafiam-nos. A meta é fornecer uma base viável para compreensão de um processo que irá ajudar no conhecimento da linguagem do design.

Tomando emprestada a ilustrativa e apetitosa analogia de Milton Glaser , os leitores que estiverem em busca de uma “refeição completa” poderão ainda ter fome após a leitura deste volume. O que está de bom tamanho, pois não há um só livro ou um único autor que possa fornecer a nutrição necessária para a obtenção do pleno conhecimento em design. Àqueles que puderem satisfazer-se com porções generosas de pontos de vista novos e arejados, por favor, sigam em frente: a mesa está posta.

pelo mundo da moda

Pelo mundo da moda
Criadores, grifes e modelos

Lilian Pacce

SENAC SP
520 páginas

Pelo mundo da moda

Ao reunir diversos de seus artigos e reportagens ao longo das duas últimas décadas, a jornalista e apresentadora Lilian Pacce – referência na área de moda no Brasil – traz à tona momentos marcantes da moda no Brasil e no mundo, de um ponto de vista equilibradamente crítico e único, em flashes que contam um pouco da história dessa arte.

A autora revela não somente os bastidores das grandes criações no exterior como também o perfil de modelos de projeção internacional, além de apresentar uma análise do trabalho e da personalidade de estilistas de peso.

Recomendado pela renomada estilista inglesa Vivienne Westwood, que assina o prefácio, o livro é direcionado a estudantes, profissionais e amantes da moda, além de interessados nas áreas de design, comunicação e artes.

O Senac São Paulo proporciona, com a publicação deste livro, a difusão de conhecimentos especializados relacionados ao estudo e à cultura da moda, área em que a instituição é referência.

Geisele

“A Lilian vem, há anos, agregando valor para o mundo da moda no Brasil com suas matérias sobre o universo fashion, razão pela qual se tornou uma figura expressiva nesse meio e uma referência para todos aqueles que buscam informações a respeito do assunto.”

Gisele Bündchen

Memórias de adega e cozinha

Memórias de Adega e Cozinha

Sergio de Paula Santos

SENAC SP
320 páginas

Memórias de Adega e Cozinha

Em Memórias de Adega e Cozinha (Editora Senac São Paulo), o médico Sergio de Paula Santos elabora uma série de textos sobre verdades e mitos acerca de diversas bebidas, como conhaque, cerveja, cachaça, tiquira (aguardente de mandioca) e vinho. O autor, apaixonado pelo mundo dos vinhos e da gastronomia, também discorre sobre a relação do prato e do copo com a história e a cultura dos povos.

Dividido em duas partes, Da Adega e Da Cozinha, o título apresenta, em textos curtos e divertidos, informações, dados e curiosidades sobre os universos etílico e gastronômico. Entre os relatos, lembra que a chegada oficial da primeira cervejaria ao Brasil coincidiu com a vinda da família real portuguesa, em 1808. Antes disso, porém, o conde de Nassau, enviado pela Holanda para comandar a invasão de Recife, teria trazido o mestre cervejeiro Dirck Dicx para a instalação de uma fábrica. A produção durou de 1641 a 1654.

Sergio revela também a receita do “rabo de macaco” (cola de mono, em espanhol), uma mistura de leite, açúcar, café solúvel, aguardente de uva, cravo e canela. A bebida é consumida em festividades na costa pacífica da América do Sul, principalmente no Chile, e é bem menos conhecida que a sua correspondente “rabo de galo” (drinque de origem obscura, feito de cachaça com vermute tinto). O autor aborda ainda a impossibilidade de o vinho ser um produto orgânico, pois a própria uva contém a substância que conserva a bebida, o dióxido de enxofre, o que impossibilita a produção de um vinho desprovido de conservante.

Na segunda parte, dedicada ao ato de comer, o especialista trata do papel das refeições à mesa na estruturação e no fortalecimento do núcleo familiar e de grupos sociais. Ele analisa como a sociedade industrializada, por meio da globalização do paladar e da produção em série de alimentos (ambas simbolizadas pelas redes de fast food), está enfraquecendo esses elos. Aborda ainda o conceito de gastronomia aplicado aos hospitais e às companhias aéreas.

Entre as curiosidades apresentadas pelo autor está o papel do Virado à Paulista para a expansão do território brasileiro. Como muitas das viagens realizadas pelos bandeirantes ao centro do país eram feitas em canoas, houve a necessidade da criação de uma comida que pudesse ser consumido a bordo. Assim surgiu o prato: uma pasta de feijão, farinha de milho e pedaços de toucinho. A receita, base da alimentação da vila de São Paulo do Campo de Piratininga desde a sua fundação, em 1554, é servida, hoje, em pelo menos 15 mil restaurantes da cidade.

The Art and Science of Web Design

The Art and Science of Web Design

Jeffrey Veen

em ingês
Baixar agora (PDF - 3.4MBytes)

A Arte e a Ciência do Web Design - download gratuito

O livro The Art and Science of Web Design, de Jeffrey Veen, foi escrito em 2001 e está disponível para download gratuito já faz um bom tempo. Veen é um web designer veterano e bastante ativo, e se você conhece o Google Analytics, você já deve ter tido contato com o novo trabalho dele na nova interface da aplicação. Ele é gerente de design de interfaces com o usuário do Google, responsável pelo Google Analytics e vários outros projetos como Gmail, Calendar, Blogger, Picassa e Orkut.

Em seu livro, Veen discute design, HTML, web standards, usabilidade, sistemas de navegação, browsers e muitos outros conceitos. Trata também da importância que os variados elementos que fazem parte do desenvolvimento para web possuem. Segundo o autor, muito mudou nos últimos cinco anos e, embora existam valores que defende até hoje, o livro se torna excelente ferramenta para que os profissionais "veteranos" possam avaliar o quanto temos progredido no design para a web.

 

Fonte: www.revolucao.etc.br